sabato

:: Eu não sei que te perdeu...





- Pedro Abrunhosa & Sandra de Sa
Quando veio,
Mostrou-me as maos vazias,
As maos como os meus dias,
Tao leves e banais.
E pediu-me
Que lhe levasse o medo,
Eu disse-lhe um segredo:
«Nao partas nunca mais»
E dançou,
Rodou no chão molhado,
Num beijo apertado
De barco contra o cais.
E uma asa voa
A cada beijo teu,
Esta noite
Sou dono do céu,
E eu nao sei quem te perdeu.
Abracou-me
Como se abraça o tempo,
A vida num momento
Em gestos nunca iguais.
E parou,
Cantou contra o meu peito,
Num beijo imperfeito
Roubado nos umbrais.
E partiu,
Sem me dizer o nome,
Levando-me o perfume
De tantas noites mais.
E uma asa voa
A cada beijo teu,
Esta noite
Sou dono do céu,
E eu nao sei quem te perdeu.

::

Eu Nao Sei Quem Te Perdeu - Pedro Abrunhosa & Sandra de Sa
Photobucket

:: ANJOS VESTEM GALLIANO

:: ANJOS VESTEM GALLIANO

:: O MEU CONTACTO

:: OS MEUS OUTROS BLOGUES

:: OS MEUS OUTROS BLOGUES
link



O amor deveria perdoar todos os pecados, menos um pecado contra o amor. O amor verdadeiro deveria ter perdão para todas as vidas, menos para as vidas sem amor.
Oscar Wilde

:: O MEU CONTACTO

:: ACENDA UMA VELA

:: ACENDA UMA VELA
NO LINK ABAIXO!
free myspace layouts

free myspace layouts

:: GALLIANO

:: GALLIANO
O MESTRE...

Informazioni personali